h1

Distância Focal e Relação de Profundidade

12/01/2009

Certo, você já deve ter escutado diversas vezes sobre a relação entre a distância focal e a relação de profundidade entre os elementos de determinada cena. Já deve ter escutado que objetivas com menor distância focal ampliam a distância entre os planos da cena e reforçam a sensação de perspectiva, e que objetivas de maior distância focal achatam a cena reduzindo a distância entre os planos e a relação da perspectiva.

Bem, aposto que se eu disser que esta relação entre a distância focal e a relação de profundidade não existe você irá me achar louco, não é? Acontece que é a mais pura verdade, a alteração da distância focal não tem qualquer relação com a relação de distância entre os planos da cena. Calma lá, a máxima da fotografia, de utilizar objetivas de maior distância focal para ‘achatar’ as cenas ainda é verdade… em resumo, o milagre está correto, o santo é que está errado.

Acontece que alterar a distância focal da objetiva (através do zoom) não altera de qualquer modo a perspectiva e relação das distâncias dos elementos. Veja as imagens abaixo, respectivamente em 18mm e 55mm (clique na imagem para visualizar em tamanho maior).

prof_01

Você percebe qualquer diferença na relação entre os planos da imagem? Perceba que a única coisa que alterei entre uma imagem e outra foi a distância focal da objetiva, todas as demais configurações da câmera continuam idênticas. Perceba que a única alteração causada pela mudança na distância focal foi o ângulo de visão da imagem (em resumo, o quanto da cena fica “visível” para o sensor).

Fica difícil perceber? Então vou facilitar. A imagem abaixo mostra as mesmas duas imagens acima, com a diferença que sobrepus a foto em 55mm sobre a foto em 18mm, e redimensionei-a para se adequar à área compreendida por ela. A imagem no centro é a capturada em 55mm.

prof_02

Qualquer diferença na relação entre os planos? Nenhuma não é? A imagem é exatamente idêntica, a única alteração causada pela passagem da distância focal de 18mm para 55mm foi a área capturada pelo sensor.

Agora olhe a imagem seguinte.

prof_03

Percebeu que agora sim aconteceu uma alteração na relação entre os planos da cena? A primeira foto foi capturada com 18mm, e a segunda com 55mm, e é claramente perceptível que na primeira foto a perspectiva é bastante enfatizada, e a distância entre os objetos parece muito maior.

Por que isto aconteceu? Perceba que não alterei nenhuma configuração na câmera além da distância focal. Mas se eu já falei que isto não tem nada a ver com a distância focal, o que mais mudou? Mudou algo que é tão natural que não percebemos, que é fácil ignorar por ser um elemento externo à câmera. Além de mudarmos a distância focal, mudamos também nossa distância em relação aos objetos (para podermos enquadrar a mesma cena de forma completa – indo desde o primeiro objeto até o último – foi necessário afastar a câmera da cena à medida em que aumentamos a distância focal). Pois é esta distância que, sim, afeta a relação de distância e perspectiva dos objetos.

Isto deve-se a um fenômeno bem conhecido chamado de perspectiva. A perspectiva é aquele fenômeno visual que faz com que os objetos mais distâncias do observador parecem menores em relação aos objetos de mesmo tamanho nos planos mais próximo. Acontece que assim como o tamanho dos objetos fica menor, o tamanho da distância entre eles também… em resumo, se você tem vários objetos com uma distância de 10 cm entre eles, esta distância parece visualmente menor à medida em que se afasta do observador.

Assim sendo, a medida em que você se afasta dos objetos, a distância entre eles também parece visualmente menor. O único papel da distância focal aqui é ‘enxergar’ uma área menor da cena. Veja agora o que acontece quando reduzimos a distância focal da imagem direita da última captura para 18mm novamente.

IMPRESSAO_009

Perceba que como não alterei a distância entre a câmera e os objetos, a relação entre os planos não foi alterada. Vamos sobrepor as imagens como fizemos anteriormente.

prof_04

Novamente, alterar apenas a distância focal não resulta em nenhuma mudança na perspectiva ou relação entre planos dos elementos da cena.

A intenção deste artigo é apenas aguçar a curiosidade, e também levar você a pensar na importancia que há em não utilizar apenas o zoom da sua câmera, mas também se deslocar e mudar sua distância em relação à cena a ser fotografada. Utilizando este processo, a máxima que você aprendeu estudando e praticando fotografia continua valendo, grandes distâncias focais são úteis quando você quer ‘achatar’ a cena, e grandes angulares para quando você quer enfatizar a perspectiva dos elementos.

5 comentários

  1. GOSTARIA QUE VOCE VISSE MINHAS FOTOS E SE GOSTAR ME ADD NO SEU BLOG ROLL
    http://WWW.PAZIAM.WORDPRESS.COM


  2. grande artigo!! Muito bom!


  3. E a distorção das lentes angulares? Acaba alterando um pouco isso né?

    Parabéns pelo artigo. Sempre acompanho posts seus no Rebeld’s e suas fotos no flickr…

    Até mais.


  4. Virei fã de seus artigos, o texto é muito bem escrito e claro.
    parabéns!


  5. […] você não se convenceu, ou não entendeu o que eu disse, quem sabe o Raphael Bonelli explique melhor essa relação Proximidade vs. Zoom. Eu naõ tenho paciência. Brincadeira, é que […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: