h1

LensPen SensorKlear – Review

11/05/2009

lenspen_SensorKlear Bom dia pessoal. Semana passada chegou minha LensPen SensorKlear, que trata-se de uma ‘caneta’ no mesmo estilo da LensPen original, só que idealizada para a limpeza do sensor. Para quem não conhece, a LensPen original é uma caneta com uma ponta de feltro carbonada… ao ser passada na lente, que é lisa, o carbono absorve a gordura e a sujeira. Quem já testou aprova a eficiência dela.

A SensorKlear é similar. A diferença é que a cabeça carbonata é triangular, pequena e plana (enquanto na LensPen ela é redonda, grande e côncava, para se adequar à curvatura da lente). Na SensorKlear, adicionalmente, a haste que leva até a cabeça com carbono é mais flexível que na LensPen, provavelmente para evitar pressão exessiva no sensor.

A utilização dela é simples. Mas para começar, você precisa ter confiança no que vai fazer. O sensor é uma parte delicada da câmera (na verdade, é menos delicada do que se costuma falar – mas é cara pacas), e nem a empresa LensPen, nem este blog se responsabilizam por possível estragos no seu sensor. Caso você sinta-se inseguro, recomendo procurar uma assistência técnica para o serviço.

Segundo, você precisa carregar totalmente a bateria da câmera antes de fazer o processo, pois o que você menos precisa enquanto limpa o sensor é o espelho e o obturador despencando sobre a SensorKlear caso a bateria acabe (o que seria um estrago e tanto).

Por último, você precisa verificar no manual da sua câmera como se ergue o espelho dela para limpeza. A maioria das câmeras tem um comando de menu para tal, algo como Manual Cleaning ou Limpeza Manual. Não recomendo utilizar o modo BULB do disparador, mesmo com um controle remoto, pois qualquer mal contato pode derrubar o espelho e fechar o obturador em cima da caneta.

Tomado estes cuidados, veremos então como estava minha câmera antes da limpeza. A melhor forma de ver a sujeira na sensor é com uma foto do céu ou outra superfície clara. Feche a abertura da câmera o máximo possível (o maior número F possível), aponte para uma área limpa do céu, deixe o foco o mais curto o possível e clique.

IMPORTANTE: é importante lembrar que estamos utilizando a menor abertura possível da câmera, coisa que você não faz normalmente no dia a dia. E também vamos exagerar a foto no LEVELS do Photoshop. Então, veremos muito mais sujeira do que normalmente seria possível. Lembre-se disto para avaliar o quanto e com que frequência limpar seu sensor, visto que muito da sujeira que vemos com este método não irá aparecer nas fotos. Limpe seu sensor apenas quando a sujeira começar a atrapalhar as fotos do cotidiano.

Depois de fazer a captura, eu abri a foto no Lightroom, importei para o Photoshop e apliquei Levels e Sharpen para ver melhor a poeira. Eu criei uma Action com estes dois comandos, para aplicar exatamente o mesmo efeito nas fotos subsequentes.

Veja como estava o meu sensor, clique na imagem para ampliá-la:

WB_001

Whoa! Bem sujo né? Na real, a sujeira mal aparecia nas fotos do dia-a-dia. Mas como sou meio paranóico, resolvi limpar.

Para fazer a limpeza, você deve inicialmente remover a objetiva da câmera e então acionar o modo de limpeza da câmera. Com o espelho erguido e o sensor visível, recomendo uma pequena lanterna, estas com leds, para poder visualizar melhor o que você está fazendo. Uma sala sem muita poeira e correntes de ar também é útil.

Se você conseguir visualizar alguma das poeiras, pode ir diretamente nela. O pincél da SensorKlear é apenas para limpar o encaixe da lente, então irei ignorá-lo neste review. Gire a tampa da SensorKlear algumas voltas, isto fará com o que o depósito de carbono na tampa recarregue a ponta da caneta. Em seguida abra a tampa.

Com cuidado, iluminando o caminho com a lanterna, encoste a cabeça da SensorKlear no sensor, sobre a sujeira. NÃO ARRASTE. Simplesmente pressione um pouco e então remova a caneta. O carbono da caneta irá puxar a sujeira.

Caso você não consiga enxergar nenhuma sujeira (o que também pode significar que não há necessidade de limpeza), você pode fazer uma limpeza sistemática. Escolha um canto, e aproveitando a cabeça triangular da SensorKlear, pressione-a contra aquele canto. Tire a caneta, e utilize-a novamente um pouco acima do canto escolhido. Vá fazendo isto em todo o sensor… sem nunca arrastar a caneta, apenas pressione, remova, e pressione no novo ponto novamente.

Veja o resultado no final da limpeza (clique para ampliar):

WB_005

Antes de assustar alguém, a mancha no canto superior direito é parte do telhado de minha casa. Eu tentei fugir de uma nuvem no lado esquerdo e acabei pegando ele sem querer. Mas, no geral, é perceptível a redução na quantidade de sujeira (lembrando que esta imagem está com F36 e levels exagerado). Algumas sujeiras persistem, mas em geral são sujeiras que estão impregnadas no sensor, então não recomendo ficar forçando demais em cima delas. No geral, estas não aparecem nas fotos.

OBS.: As vezes, dependendo de como você aproximar a caneta do canto do sensor (aconteceu algumas vezes antes de eu comprar a lanterna, que facilita em muito o trabalho) ela pode raspar na hora de ser puxada. Quando isto acontece, um pouco de carbono pode cair da caneta. Mas basta usar a SensorKlear novamente para absorver este carbono.

Veja o resultado final, agora em F11, uma abertura muito mais comum de ser utilizada. Clique para ampliar:

WB_006

Esta limpeza de sensor não é algo para ser feito todos os dias. Recomendo a você controlar sua mania de limpeza e só fazer o procedimento quando realmente necessário. A SensorKlear é uma ótima ferramenta para aquela limpeza rápida caso um cabelo ou poeira maior caia no sensor durante a troca de objetivas.

Existem versões genéricas da SensorKlear e da LensPen, mas eu não recomendo. Prefiro investir na original quando se trata de um produto que entrará em contato direto com meu sensor e minhas lentes. Aqui no Brasil você pode encontrar os produtos LensPen no site Portal do Fotógrafo, do Foto Estúdio Gramado. A SensorKlear custa o preço de uma limpeza na assistência técnica e, segundo o site, sobrevive a cerca de 500 aplicações.

O Portal do Fotógrafo vende os produtos LensPen para todo o Brasil por meio de contato via e-mail ou pelo site. O atendimento é atencioso e a entrega é rápida.

About these ads

Um comentário

  1. Meu SensorKlear não sai da bolsa, já meu salvou muitas vezes em viagem. No meu caso não tirou 100% da sujeira (vestígios persistem acima de f22 em minha Canon), mas nada que o Photoshop não resolva. É uma necessidade ter esta caneta, sem dúvida. Adquiri a minha na Diafilme (http://www.diafilme.com.br), recebi pelo correio no dia seguinte.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: